terça 29 setembro 2020
map-shadow

#ESTUDOEMCASA

EstudoEmCasa 6

O Ministério da Educação, no seu esforço de criação e disponibilização de múltiplos recursos para apoiar as escolas, cria um conjunto suplementar de recursos educativos, para a Educação Pré-Escolar e para o Ensino Básico, transmitidos através dos canais RTP 2 e RTP Memória, respetivamente.
#EstudoEmCasa é o nome do espaço que vai ocupar a grelha das 09h às 17h50, com conteúdos organizados para diferentes anos letivos, uma ferramenta para complementar o trabalho dos professores com os seus alunos.
Estes conteúdos pedagógicos temáticos contemplam conteúdos que fazem parte das aprendizagens essenciais do 1.º ao 9.º ano, agrupados por: 1.º e 2.º anos, 3.º e 4.º anos, 5.º e 6.º anos, 7.º e 8.º anos e 9.º ano.

#EstudoEmCasa

#ESTUDOEMCASA

1. O que é o #EstudoEmCasa?
O #EstudoEmCasa é um conjunto suplementar de recursos educativos para o Ensino Básico com conteúdos organizados para diferentes anos de escolaridade.
Estes conteúdos pedagógicos temáticos fazem parte das aprendizagens essenciais do 1.° ao 9.° ano, e são agrupados da seguinte forma: 1.° e 2.° anos, 3.° e 4.° anos, 5.° e 6.° anos, 7.° e 8.° anos e 9.° ano.

2. A quem se destina o #EstudoEmCasa?
Destina-se, primeiramente, a alunos sem conectividade e/ou equipamento informático. Contudo, o conjunto de recursos educativos disponibilizados poderá também ser utilizado por outros alunos, nunca se constituindo como forma autónoma de desenvolver aprendizagens integrais no Ensino Básico.

3. Como estão organizados estes blocos pedagógicos?
Os recursos constituem-se em sessões de 30 minutos, organizados por blocos agregados para vários anos, blocos comuns e recursos para PLNM, do 1.° ao 9.° ano, conforme visível na grelha horária disponível em https://www.rtp.pt/estudoemcasa-apresentacao/.

4. A grelha disponível no #EstudoEmCasa contém todas as aulas e disciplinas de ano de escolaridade?
Não. O #EstudoEmCasa constitui-se como uma ferramenta para complementar o trabalho dos professores com os seus alunos. O trabalho a desenvolver pelo professor deverá contemplar, aprofundar e consolidar a totalidade das disciplinas de cada matriz e especificidade dos alunos.
Esta grelha garante que alunos em diferentes anos escolares podem aceder a conteúdos numa mesma televisão ou num mesmo dispositivo eletrónico. Os conteúdos diários têm tempo limitado, cumprindo-se, ao longo do período, a maior parte das componentes curriculares, organizadas disciplinar e interdisciplinarmente.

5. Quais são os canais para assistir às emissões?
Os conteúdos do #EstudoEmCasa são transmitidos através dos canais:
• RTP Memória
• TDT – posição 7
• MEO – posição 100
• NOS – posição 18
• Vodafone – posição 17
• Nowo – posição 13
• https://www.rtp.pt/estudoemcasa (emissão de cada dia on demand e módulos individualizados) Brevemente, será ainda disponibilizada uma App.

6. Quando se iniciam as emissões do #EstudoEmCasa?
As emissões do #EstudoEmCasa iniciam-se na segunda-feira, dia 20 de abril, e decorrem de segunda-feira a sexta-feira, das 9:00 às 17:50h, até ao final do ano letivo.

7. Onde pode ser obtida informação adicional para identificação dos blocos pedagógicos e das sugestões de atividades?
Em articulação com as emissões televisivas, a Direção-Geral da Educação disponibiliza o site http://apoioescolas.dge.mec.pt/eec/, no qual ficarão disponíveis, por anos e disciplinas, a identificação das aulas, as Aprendizagens Essenciais trabalhadas em cada um dos blocos educativos e as sugestões de atividades que poderão ser complementares às tarefas que os professores definam no trabalho com os seus alunos.
Estas indicações sobre cada aula serão disponibilizadas até quarta-feira da semana anterior à emissão.

8. O #EstudoEmCasa constitui-se como uma forma de ensino autónomo para os alunos?
Não, os conteúdos apresentados e os recursos disponibilizados neste espaço não substituem os professores. Os alunos continuam a pertencer às suas turmas de origem, sendo os professores titulares e os diretores de turma os primeiros responsáveis pelo seu acompanhamento e pela sua avaliação formativa e sumativa.
Os professores titulares e diretores de turma assegurarão um contacto regular com os alunos pelos meios disponíveis, zelando pelo seu bem-estar e acompanhando o desenvolvimento das suas aprendizagens, em interação com os outros professores de turma. Devem prever-se formas de os alunos sem conectividade e/ou equipamento informático manterem contacto com os professores, através do envio de mensagens, de textos coletivos ou de qualquer outro meio de combate ao isolamento social.

9. Os recursos educativos disponibilizados dispensam a intervenção dos professores?
Não. A cada aluno que recebe conteúdos exclusivamente pela televisão deve ser atribuído um professor mentor, responsável pelo estabelecimento de contacto, individualmente e em parceria com outras entidades da comunidade. Este contacto visa o acompanhamento das tarefas em curso, a verificação de que os alunos estão a assistir às emissões e que desenvolvem outras atividades propostas pela escola. Os professores mentores, mobilizados a partir dos recursos existentes nas escolas, em particular dos professores com experiência no Apoio Tutorial Específico, são coadjuvantes dos professores titulares e diretores de turma, não se lhes substituindo na função de responsáveis pelo ensino e avaliação.

10. No #EstudoEmCasa estão previstas medidas para os alunos com necessidades específicas de aprendizagem?
O desenvolvimento das aprendizagens destes alunos deve ser motivo de especial acompanhamento e monitorização pela Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva. Para mais informação consultar o documento "Orientações para o trabalho das Equipas Multidisciplinares de Apoio à Educação Inclusiva na modalidade E@D".
Os Blocos #EstudoEmCasa emitidos terão interpretação em Língua Gestual Portuguesa, mas este recurso adicional não substitui o trabalho que as escolas terão de fazer com os seus alunos surdos, quer ao nível da disciplina de LGP, quer no apoio à aprendizagem dos restantes conteúdos.
Sensíveis às questões colocadas por várias entidades e encarregados de educação, sobre a dimensão da janela a disponibilizar para a interpretação gestual, ir-se-á proceder ao seu aumento, dentro dos limites do equilíbrio possível entre o visionamento do ecrã e a dimensão inicialmente prevista.
Esta alteração não estará ainda disponível nas duas primeiras semanas, tendo em conta que as aulas se encontram já finalizadas para emissão.
A disciplina de língua gestual portuguesa (LGP) continuará a ser lecionada nos termos definidos pelas escolas de referência para o ensino bilingue, de acordo com o plano de E@D definido pela Escola.

11. O #EstudoEmCasa inclui a Educação Pré-Escolar?
Os recursos relativos à Educação Pré-Escolar serão disponibilizados através do canal RTP 2, de acordo com a programação constante no site https://media.rtp.pt/zigzag/zig-zag-nova-programacao.

12. Os recursos educativos disponibilizados dispensam a intervenção dos educadores?
Não. As crianças e as famílias que recebem conteúdos exclusivamente pela televisão devem receber especial atenção por parte dos seus educadores, para que seja mantido o contacto, individualmente e em parceria, com outras entidades da comunidade.

Estudo por anos

ESTUDO POR ANOS LETIVOS

A iniciativa #EstudoEmCasa assume-se, no 3.º período, como um complemento e um recurso de apoio primeiramente para que os alunos sem conectividade e/ou equipamento possam beneficiar das aprendizagens aí disponibilizadas, independentemente de outras utilizações que possam ser feitas pelos docentes, através da sua inserção nos planos E@D de cada estabelecimento de ensino.
Estes recursos constituem-se em blocos temáticos de 30 minutos emitidos através dos canais existentes, nas modalidades já divulgadas, e são complementados por informação a disponibilizar na Direção-Geral da Educação.
Sobre cada uma das aulas são disponibilizados os temas tratados, as aprendizagens essenciais desenvolvidas e propostas de trabalho/desafios que poderão complementar o trabalho dos professores das escolas destes alunos.
Pretende-se, tal como já comunicado anteriormente, que esta informação possa ser consultada com a antecedência devida para que se permita, se o professor entender, utilizar estes materiais. Disponibilizam-se, agora, os recursos para a primeira semana de #EstudoEmCasa.
Vamos continuar a trabalhar para que a informação seja disponibilizada regularmente e com maior antecedência.

>Hoários por anos letivos:
- 1.º e 2.º anos clique aqui

- 3.º e 4.º anos clique aqui

- 5.º e 6.º anos clique aqui

- 7.º e 8º anos clique aqui

- 9.º ano clique aqui

Horários completos

HORÁRIOS COMPLETOS

Para consultar os horários completos das aulas dos 1.º ao 9.º anos clique aqui.

CONTACTOS

Escola Secundária de Latino Coelho, Lamego
(Escola-sede do Agrupamento de Escolas Latino Coelho, Lamego)
Avenida das Acácias
5100-070 LAMEGO
Tel.  (+351) 254 612 024 - Serviços Administrativos (+351) 966 946 678
Fax. (+351) 254 655 323
e-mail:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  |  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Escola Básica de Lamego
(Escola E.B. 2,3 de Lamego)
Rua de Fafel
5100-143 LAMEGO
Tel.  (+351) 254 612 023
Fax. (+351) 254 613 249
e-mail:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  |  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Escola Básica n.º 1 de Lamego
(Centro Escolar de Lamego)
Rua de Fafel
5100-000 LAMEGO
Tel. (+351) 254 600 180 
e-mail: i Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  
blog: celemmovimento.blogspot.com 
facebook: www.facebook.com/cel.lamego

Escola Básica de Penude
(Centro Escolar de Lamego-Sul, Penude)
Ordens - Penude
5100-000 LAMEGO
Tel. (+351) 254 611 521 
e-mail:  i Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog: celspenude.blogspot.pt

Escola Básica de Cambres
Lugar da Escola
5100-000 CAMBRES
Tel. (+351) 254 666 132
e-mail:  i Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog: eb1cambres.blogspot.pt

NOVO CORONAVÍRUS (COVID-19)

O novo coronavírus, intitulado COVID-19, foi identificado pela primeira vez em dezembro de 2019, na China, na Cidade de Wuhan. Este novo agente nunca tinha sido previamente identificado em seres humanos, tendo causado um surto na cidade de Wuhan. A fonte da infeção é ainda desconhecida.
Os Coronavírus são uma família de vírus conhecidos por causar doença no ser humano. A infeção pode ser semelhante a uma gripe comum ou apresentar-se como doença mais grave, como pneumonia.
Ainda está em investigação a via de transmissão. A transmissão pessoa a pessoa foi confirmada, embora não se conheçam ainda mais pormenores.

Perguntas frequentes

PERGUNTAS FREQUENTES

Quais os sinais e sintomas?
As pessoas infetadas podem apresentar sinais e sintomas de infeção respiratória aguda como febre, tosse e dificuldade respiratória.
Em casos mais graves pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos e eventual morte.

Qual o período de incubação?
O período de incubação ainda se encontra sob investigação.

Existe uma vacina?
Não existe vacina. Sendo um vírus recentemente identificado, estão em curso as investigações para o seu desenvolvimento.

Existe tratamento?
O tratamento para a infeção por este novo coronavírus é dirigido aos sinais e sintomas apresentados.

Os antibióticos são efetivos a prevenir e a tratar o novo coronavírus?
Não, os antibióticos não são efetivos contra vírus, apenas bactérias. O COVID-19 é um vírus e, como tal, os antibióticos não devem ser usados para a sua prevenção ou tratamento. Não terá resultado e poderá contribuir para o aumento das resistências a antimicrobianos.

Qual o risco?
A avaliação de risco encontra-se em atualização permanente, de acordo com a evolução do surto. O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) e a Direção-Geral da Saúde (DGS) emitem comunicados diários com o sumário da informação e recomendações mais recentes.

Como me posso proteger?
Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença:
- Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o cotovelo, nunca com as mãos; deitar sempre o lenço de papel no lixo);
- Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes;
- Avitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória.

Necessito de usar máscara facial se estiver em público?
De acordo com a situação atual em Portugal, não está indicado o uso de máscara para proteção individual, exceto nas seguintes situações:
- Pessoas com sintomas de infeção respiratória (tosse ou espirro);
- uspeitos de infeção por COVID-19;
- Pessoas que prestem cuidados a suspeitos de infeção por COVID-19.

É seguro receber cartas ou encomendas da china?
Sim, a Organização Mundial de Saúde considera seguro. Até ao momento, não é conhecida a capacidade de transmissão da doença através do contacto com superfícies ou objetos, pelo que as precauções a ter são as relacionadas com medidas gerais de higiene.

O que é um contacto próximo?
Pessoa com exposição associada a cuidados de saúde, incluindo:
- Prestação de cuidados diretos a doente com COVID-19;
- Contacto em ambiente laboratorial com amostras de COVID-19;
- Visitas a doente ou permanência no mesmo ambiente de doente infetado por COVID-19;
- Contacto em proximidade ou em ambiente fechado com um doente com infeção por COVID-19 (ex: sala de aula);
Viagem com doente infetado por COVID-19:
- Numa aeronave:
--2 lugares à esquerda do doente, 2 lugares à direita do doente, dois lugares nas duas filas consecutivas à frente do doente e dois lugares nas duas filas consecutivas atrás do doente;
--Companheiros de viagem do doente;
--Prestação de cuidados diretos ao doente;
--Tripulantes de bordo que serviram a secção do doente;
--Se doente com sintomatologia grave ou com grande movimentação dentro da aeronave, considerar todas as pessoas como contacto próximo;
- Num navio:
--Companheiros de viagem;
--Partilha da mesma cabine;
--Prestação de cuidados diretos ao doente;
--Tripulantes de bordo que serviram a cabine do doente;
A Autoridade de Saúde pode considerar como contato próximo outros indivíduos não definidos nos pontos anteriores (avaliação caso a caso).
Mais informações aqui.

Como viajante, o que devo fazer?
- A OMS não recomenda, nesta fase, restrições de viagens e trocas comerciais para a China;
- Se tiver como destino a China, deve seguir as recomendações das autoridades de saúde do país e as recomendações da OMS, referidas em: “COMO ME POSSO PROTEGER?”;
- Para viajantes regressados da China e que apresentem sintomas sugestivos de doença respiratória, durante ou após a viagem, antes de se deslocarem a um serviço de saúde, devem ligar 808 24 24 24 (SNS24), informando sobre a sua condição de saúde e história de viagem, seguindo as orientações que vierem a ser indicadas.

Informações

INFORMAÇÕES GERAIS

Estarei doente?  |  Posso viajar?  |  Profissionais  |  Materiais de divulgação  |  Áreas afetadas  |  Situação em Portugal

INFORMAÇÔES E ORIENTAÇÕES

- Orientações às Escolas para a elaboração do Plano de Contingência (Informação de 05/03/2020)
O Despacho n.º 2836-A/2020, de 02 de março, determina a elaboração de um Plano de Contingência alinhado com as orientações emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no âmbito da prevenção e controlo de infeção por novo Coronavírus (COVID-19). Ler mais

- Orientação nº 006/2020 de 26/02/2020 da Direção-Geral de Saúde (Informação de 05/03/2020). Ler mais

- Coronavírus – Informação da Direção-Geral de Saúde
Orientações para as crianças, jovens e adultos que regressem de uma área com transmissão comunitária ativa do novo coronavírus (Informação 005/2020). Ler mais 

- COVID – 19 (Coronavirus) Visitas de Estudo ao Estrangeiro (Informação de 26/02/2020)
Face às notícias sobre a propagação do vírus Covid- 19 (coronavirus) e apesar de não haver ainda por parte das autoridades de saúde restrições de deslocação para fora do país, a DGESTE aconselha a ponderação sobre a oportunidade e conveniência de se realizarem visitas de estudo e outras deslocações ao estrangeiro, em particular a países ou a zonas com maior incidência de casos de infeção.
Os países e locais com maior incidência de casos de infeção, esclarecimentos de dúvidas, recomendações e informações devem ser consultadas na página da DGS que será atualizada sempre que se justifique. Ler mais

Itália – Coronavírus COVID-19 (Informação de 26/02/2020)
«Nos últimos quatro dias, registaram-se em Itália 283 casos confirmados de Doença por Novo Coronavírus (COVID-19), entre os quais sete vítimas mortais. O número de casos confirmados tem aumentado diariamente, com múltiplos focos em diversas regiões do país, nomeadamente no Norte e Sul de Itália (Regiões de Lombardia, Emília-Romana, Piemonte, Veneto, Toscana, Província autónoma de Bolzano, Ligúria e Palermo). Esta situação levou a que as autoridades italianas implementassem medidas especificas de restrição da circulação de pessoas em algumas províncias, tais como Lodi (Lombardia). Foram encerrados, preventivamente, em diversas regiões, serviços públicos, atividades comerciais não essenciais, atrações turísticas, escolas, liceus, universidades, museus, igrejas, salas de concerto e estádios.»
Para mais informação sobre Viagens a Itália e Recomendações e cuidados a ter consulte:
- Portal das Comunidades Portuguesas
- Orientações da DGS sobre o regresso de Itália e zonas afetadas

Plano de contingência

PLANO DE CONTINGÊNCIA DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO

- Escola Secundária de Latino Coelho, Lamego consulte aqui

- Escola Básica de Lamego consulte aqui

- Escola Básica n.º 1 de Lamego consulte aqui 

- Escola Básica de Penude consulte aqui

- Escola Básica de Cambres consulte aqui

Notícias

 NOTÍCIAS

António Costa
O primeiro dever é protegermo-nos uns aos outros do contágio ler mais

Conferência de imprensa do Conselho de Ministros de 13 de março de 2020 ler mais

- Comunicado às escolas clique aqui 

 

 

APOIO TÉCNICO - INFORMÁTICA

apoio banner

Equipa de apoio técnico - informática do Agrupamento de Escolas Latino Coelho, Lamego para alunos, professores e pessoal e não docente.

Ofice365

FORMAÇÂO MICROSOFT

Formação Microsoft das ferramentas em uso no Agrupamento:
Microsoft Teams
- Guia de introdução clique aqui
- Introdução do Microsoft Teams clique aqui
- Configurar e personalizar a sua equipa clique aqui
- Colaborar em equipas e canais clique aqui
- Trabalhar com publicações e mensagens clique aqui
- Carregar e procurar ficheiros clique aqui
- Iniciar conversas e chamadas clique aqui
- Gerir reuniões clique aqui
- Preparar e participar em eventos em direto clique aqui
- Explorar aplicações e ferramentas clique aqui
- Gerir agendas de equipa com os Turnos clique aqui
- Gerir o seu feed de atividade clique aqui
- Teams em qualquer lugar clique aqui

Microsoft Outlook
- Adicionar uma conta de e-mail ao Outlook clique aqui
- Criar e enviar e-mails no Outlook clique aqui
- Gerir o calendário e contactos no Outlook clique aqui
- Colaborar no Outlook clique aqui
- Configurar a aplicação Outlook para dispositivos móveis clique aqui
- Saiba mais sobre o Outlook clique aqui

Microsoft OneNote
- Criar um bloco de notas no OneNote clique aqui
- Tomar notas no OneNote clique aqui
- Partilhar e manter-se organizado no OneNote clique aqui
- Configurar as suas aplicações para dispositivos móveis clique aqui
- Saiba mais sobre o OneNote clique aqui

Outros recursos
- Criar equipas no Teams clique aqui
- Partilhar formulários no Teams clique aqui

Quadros Interativos

FORMAÇÃO EM QUADROS INTERATIVOS
Informação a disponibilizar brevemente

 

 

 

Outras ferramentas

OUTRAS FERRAMENTAS
Informação a disponibilizar brevemente

 

 

 

Apoio salas

APOIO - SALAS E OUTOS ESPAÇOS
Informação a disponibilizar brevemente

 

 

 

Para solicitar apoio técnico envie um e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  

CERTIFICAÇÃO DE ALINHAMENTO COM O EQAVET

O Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para a Educação e Formação Profissionais (Quadro EQAVET), consagrado pela Recomendação de 18 de junho de 2009 do Parlamento Europeu e do Conselho de Ministros da União Europeia, foi concebido para melhorar o Ensino e Formação Profissional (EFP) no espaço europeu, colocando à disposição das autoridades e dos operadores ferramentas comuns para a gestão da qualidade, promovendo a confiança mútua, a mobilidade de trabalhadores e de formandos e a aprendizagem ao longo da vida.
O EQAVET é um instrumento a adotar de forma voluntária, que permite documentar, desenvolver, monitorizar, avaliar e melhorar a eficiência da oferta de EFP e a qualidade das práticas de gestão, implicando processos de monitorização regulares, envolvendo mecanismos de avaliação interna e externa, e relatórios de progresso, estabelecendo critérios de qualidade e descritores indicativos que sustentam a monitorização e a produção de relatórios por parte dos sistemas e dos operadores de EFP, e evidenciando a importância dos indicadores de qualidade que suportam a avaliação, monitorização e garantia da qualidade dos sistemas e dos operadores de EFP. 

Selo EQAVET

SELO EQAVET

Informação a disponibilizar brevemente 

Documentos

DOCUMENTOS

- Documento Base SGQ consulte aqui
- Plano de Ação SGQ consulte aqui
- Relatório de operador SGQ final consulte aqui

Relatórios

RELATÓRIOS

  • Relatório de satisfação das entidades empregadoras dos diplomados do triénio 2016-2019 do Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores consulte aqui
  • Relatório de satisfação dos Diplomados do triénio 2016-2019 do Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, utomação e Computadores consulte aqui
  • Relatório de Satisfação face ao Curso Profissional escolhido pelos alunos para o Triénio 2019-2022 consulte aqui
  • Relatório indicadores de monitorização do ano letivo 2019-2020 consulte aqui
  • Relatório de satisfação relativo ao Curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos 2017-2020 consulte aqui
  • Relatório de satisfação relativo ao curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos 2014-2017 consulte aqui

 

  logos2

Agenda

dezembro 2019
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

APOIO TÉCNICO - INFORMÁTICA

apoio

#ESTUDOEMCASA

EstudoEmCasa 6

RGPD - POLÍTICA DE PRIVACIDADE

rgpd-politicaPrivacidade 6

CONTACTOS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LATINO COELHO, LAMEGO
Escola-sede: Escola Secundária de Latino Coelho
Avenida das Acácias 
5100-070 LAMEGO
tel. (+351) 254 612 023  fax. (+351) 254 655 323
url: www.aelc-lamego.pt
fb: www.facebook.com/aelc.lamego
e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.     Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  

n logos 2

Autenticação