sábado 22 fevereiro 2020

Artigos

fc 00 

A Escola Básica de Penude, escola do Agrupamento de Escolas Latino Coelho, Lamego, comemorou a tradicional "Festa dos Cornos", no passado dia 20 de janeiro.
Esta festa é uma tradição da Freguesia de Penude, comemorada todos os anos, onde são, confecionados uns bolos que antigamente eram oferecidos ao Mártir São Sebastião e que tinham o nome de Santórios. Devido ao formato dos mesmos, o povo de Penude deu-lhe o nome de "Cornos".
Os alunos assistiram à confeção dos bolos e, depois de prontos, foram distribuídos pelas salas e saboreados pelos alunos.
>Para ver mais fotos clique aqui.

8rg 01

Está patente na Galeria Metaphora, no átrio da Escola Secundária de Latino Coelho, até ao próximo dia 31 de janeiro, uma exposição subordinada ao tema "Escola Secundária de Latino Coelho: 80 anos nas atuais instalações/80 registos fotográficos".
Trata-se de uma exposição composta por oitenta fotografias comemorativas que retratam os diferentes espaços do edifício passados 80 anos do início do seu funcionamento.
Esta exposição surgiu na sequência de um convite do Diretor do Agrupamento aos formandos do Curso Profissional de Técnico de Multimédia, que,prontamente, agarraram o projeto e captaram na objetiva as sólidas características desta construção.
Visite-nos!
> Para ver mais fotos clique aqui.

80 anos 6

As nossas coleções assinalam acontecimentos históricos e académicos da Escola Secundária de Latino Coelho e referências culturais de âmbito nacional.
Peças de arte e utilitários compõem as nossas coleções.
Inspirados em Bordalo Pinheiro, os alunos do curso de Artes Visuais conceberam as coleções " Andorinhas de Portugal", "A sardinha veste-se de Douro." e "Galo trajado".
Apoiados no conceito "O selo é um mensageiro privilegiado do património natural e cultural de um povo", surgiram os selos postais comemorativos dos 135.º e 136.º aniversários da Escola Secundária de Latino Coelho, edições limitadas e disponíveis para venda.
Assumem-se as medalhas, os álbuns fotográficos, os marcadores de leitura, as pagelas comemorativas...como marcos da História e histórias da escola.
> Para aceder às nossas coleções clique aqui.

80 anos 6

Assinalou-se, no dia 16 de janeiro, o 80.° aniversário das atuais instalações da Escola Secundária de Latino Coelho (1937-2017).
Para comemorar esta data festiva, entre 8 e 15 de janeiro, foram publicadas neste sítio oito notícias alusivas à entrada em funcionamento da Escola Secundária de Latino Coelho, na Avenida das Acácias. Pretendeu-se com esta iniciativa divulgar a Comunidade para o significado destas comemorações: 80 anos da Escola Secundária de Latino Coelho nas atuais instalações.
No dia 16 de janeiro decorreu uma palestra subordinada ao tema "Histórias do Liceu...", dinamizada pelo Antigo Aluno, Antigo Proessor e ex-inpetor da Educação, Joaquim Melo, e que se destinou aos alunos do ensino secundário..

80 anos 6

Há todo um património ligado à Escola Secundária de Latino Coelho e que não se circunscreve às suas sólidas paredes. Dão-lhe alma alguns episódios insólitos.

Tentativa de fraude em exame
Recordemos a capacidade inventiva dos três irmãos naturais de Soutelo do Douro – S. João da Pesqueira, que, em 1963, através de um inovador modelo de comunicação, tentavam a aprovação com distinção nas provas de exame.
O irmão mais novo, durante a prestação da prova de exame de Matemática de 5º ano, foi apanhado a transmitir para o exterior para o seu outro irmão, mais conhecedor da matéria, por meio de um aparelho transmissor-recetor. Na verdade, o talentoso examinando havia instalado o microfone junto ao relógio de pulso e o sistema de receção no ouvido disfarçado por um penso cirúrgico que supostamente seria para proteger um suposto furúnculo.
Tudo teria corrido bem não fosse um radioamador lamecense sintonizar a comunicação dos nossos protagonistas na mesma frequência e ir, de imediato, comunicar o caso insólito ao Senhor Reitor de então, Dr. Manuel Luís da Rocha Silveiro.
No momento, se lavrou o auto do ocorrido, o facto foi comunicado ao Ministério Público e às autoridades competentes, e os exames dos alunos que intervieram na fraude foram anulados. Por despacho de Sua Excelência, o Ministro de Educação Nacional, o examinando de Matemática de 5º ano continuou com o seu exame anulado; os dois irmãos mais velhos admitidos a exame sem multa, contudo incorreram em responsabilidade disciplinar, punida com suspensão.

Roubo do peru
Vamos, de seguida, fazer alusão ao caso do "roubo do peru", transcrevendo um excerto da obra O Bando do Liceu, da autoria de Alexandre de Castro.
«Sem anúncio prévio, e escrita por mão anónima, a coberto da noite, como compete aos procedimentos das actividades clandestinas, a insólita notícia ali estava indecorosamente exposta, em gigantesca pichagem, a todo o comprimento do muro da frontaria do liceu: DÃO-SE ALVÍSSARAS A QUEM ENCONTRAR O PERU.
A cidade agitou-se numa efervescente e miudinha curiosidade. Nas repartições públicas, nas lojas, nos cafés e até no mercado comentava-se a novidade, quando alguém, mais curioso, pedia pormenores circunstanciados, a resposta era invariavelmente a mesma, não sei, parece que roubaram um peru ao reitor do liceu.
No café Maia, em pleno Rossio, na larga e grossa vidraça, alguém teve a ousadia de colar uma fotografia ampliada de um peru, rematada com uma provocatória legenda ENFIM, SOU LIVRE, expressão dúbia que levantou legitimas suspeitas à polícia política, ali logo postada em tom inquiridor, alertada que foi por um qualquer infiltrado informador, conhecedor das conversas sussurradas naquele cóio de opositores ao regime, onde predominavam velhos republicanos e anarquistas do reviralho, sendo que esta ousadia ia ficando cara ao pachorrento Sr. Maia, que se descartava de qualquer responsabilidade, jurando a pés juntos não ter reparado naquele papel que até tinha sido colocado ao vidro pela lado de fora.
Também Mestre Nicolau, engraxador – cauteleiro de profissão, mas com credenciais na rima métrica, e que fazia pouso na Praça do Comércio, não perdeu a oportunidade de exercitar a sua verve, escrevendo apropriadas quadras populares que foi vendendo aos clientes por dois escudos e cinquenta centavos, e que aqui se transcrevem com a devida vénia:

                                            Alguém roubou um peru
                                            Que trazia o papo cheio
                                            Aquele que lhe comeu a carne
                                            Também lhe comeu o recheio...

                                            Dão-se alvíssaras, dão-se prémios
                                            A quem encontrar o ladrão
                                            O reitor está à espera
                                            E agradece a atenção...

                                           O reitor anda triste
                                           Com o assalto à capoeira
                                           Ele ficou sem o peru
                                           E o ladrão com a barriga cheia...

Subcategorias

Pág. 65 de 77

  logos2

Agenda

abril 2019
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

CONTACTOS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LATINO COELHO, LAMEGO
Escola-sede: Escola Secundária de Latino Coelho
Avenida das Acácias 
5100-070 LAMEGO
tel. (+351) 254 612 023  fax. (+351) 254 655 323
url: www.aelc-lamego.pt
fb: www.facebook.com/aelc.lamego
e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.     Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  

n logos 2

Newsletter




Joomla Extensions powered by Joobi

Autenticação